quarta-feira, 2 de maio de 2012

Das Virtudes V - O Conhecimento


The works of God continue, And worlds and lives abound;
Improvement and progression Have one eternal round.
There is no end to matter; There is no end to space;
There is no end to spirit; There is no end to race.

There is no end to virtue; There is no end to might;
There is no end to wisdom; There is no end to light.
There is no end to union; There is no end to youth;
There is no end to priesthood; There is no end to truth.

There is no end to glory; There is no end to love;
There is no end to being; There is no death above.
There is no end to glory; There is no end to love;
There is no end to being; There is no death above.


Três estrofes de um dos meus hinos favoritos. Sempre que o ouço lembro-me de uma das Virtudes mais importantes, o Conhecimento. É impossível o Homem ser salvo em ignorância, disse Deus uma vez. Devemos procurar sempre conhecer, aprender, e fazê-las através do Estudo e também pela Fé. 
Claro que foco no Conhecimento Espiritual, pois é esse que nos irá guiar para um estado de Felicidade sem igual mas o Conhecimento das coisas do mundo também é bom e deve ser aprendido, também com o mesmo estudo e guiados pela Fé.

Começo pelo Conhecimento terreno. Ele é importante pois irá ensinar-nos como sobreviver, ou melhor, como trabalhar, o que fazer no trabalho, tomar decisões relacionadas com a nossa vida do dia a dia e manter uma conversa (cultura geral). Apesar da sua importância, se não for tratado com cuidado, este tipo de Conhecimento pode se tornar perigoso. Quando começamos a usar deste conhecimento para racionalizar razões para fazer asneiras então este conhecimento foi mau, ou melhor, a aprendizagem dele foi má. Nós teremos sempre o arbítrio, temos sempre a hipótese de escolha, mas o Conhecimento do Mundo está tão bem 'promovido' que as pessoas são capazes de o colocar à frente do Conhecimento Espiritual. Todos nós podemos ver exemplos disso em muitas coisas que não valem a pena enumerar mas quando a Fé dos Homens, ou melhor, quando a Natureza de Deus e de seu Evangelho tem de ser alterada devido às coisas do Mundo e de duas modernices, então alguma coisa está mal. Deus é o mesmo ontem, hoje e Sempre. A Sua Lei será sempre a mesma  e Homem algum poderá a mudar. A ciência do Homem é uma aproximação da realidade, o que ontem era verdade hoje deixou de ser. Quem fala em ciência fala e Filosofias do Homem, que ontem são umas e hoje são outras e vivemos em um Mundo que mais se assemelha a uma onda do mar, que vive de um lado para o outro, ao sabor do vento. 
O Homem deve procurar saber mais, se eu não acredita-se nisso não teria seguido carreira de investigação em ciência - Biofísica. Apenas acho que devemos ter cuidado com as conclusões que tiramos. Devemos ter cuidado com a forma como usamos esse Conhecimento e o aplicamos em nossas Vidas.

O Conhecimento Espiritual já é mais profundo. Este tipo de Conhecimento requer mais Estudo, querer mais prática e, acima de tudo, requer Fé. Este Conhecimento não vem nos livros, bem, tecnicamente existem as escrituras mas eu refiro-me à sua aprendizagem e à forma como se aprende.  Um estudioso pode ler a Bíblia e o Livro de Mórmon de capa a capa e não aprender nada com essas leituras. Há coisas que só se aprendem com o Espírito certo e com a Fé suficiente. Jesus Cristo falava por parábolas e símbolos por uma simples razão, enquanto uns iriam perceber a plenitude de Sua Mensagem, outros iriam ouvir falar de ovelhas e pastores. Com as escrituras é a mesma coisa, uns vão ler uma história de um povo, outros irão ver a Plenitude do Evangelho.  
A aplicação do Conhecimento Espiritual também é diferente. Requer muita prática, o Espírito certo e a Fé para isso. Afinal é a mesma coisa que o estudo..curioso não? Aplicar o Conhecimento Espiritual é uma coisa muito pessoal, o que serve para uns para outros será diferente. Uns vão sentir de uma forma e outros vão sentir de uma outra forma, os chamados espirituais. A aplicação do Conhecimento poderá ser no simples facto de deixarmos uma Mensagem maravilhosa com uma pessoa que a precisava de ouvir e isto não poderia ser feito pelo melhor dos oradores mas apenas por uma pessoa tocada, e inspirada, pelo Santo Espírito.  

Devemos aprender das duas coisas, Espirituais e terrenas. A aprendizagem faz parte do nosso crescimento Espiritual. Apenas devemos ter cuidado com o que aprendemos, ou melhor, devemos saber distinguir o que é bom Conhecimento e o que é mau Conhecimento e isto deve ser feito com ponderação, meditação, Oração e Fé. Não devemos escolher a quem dar ouvidos com o julgamento dos nossos desejos e prazeres mas sim com a ponderação de alguém que deseja algo melhor para si. Alguém que deseja ser melhor. Isto não é fácil hoje em dia, pois há muito ruído, muitas verdades disfarçadas. Mas o nosso Coração sabe o caminho a seguir, apenas temos de dar ouvido àquela voz suave e terna que nos sussurra o Caminho Certo.



Deixo o Hino - If You Could Hie To Kolob - de onde fazem parte aquelas estrofes acima.


1 comentário:

  1. Realmente hoje em dia existe muito ruído de fundo...

    ResponderEliminar

Os comentários são revistos antes de serem publicados. Desta forma eu posso evitar que o blog seja vitima de SPAM.