quinta-feira, 14 de março de 2013

Da Religião - Unidos na fé e numa Missão


"Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor"

Esta semana foi marcada pela eleição do líder da Igreja Católica. Todas as televisões, todos os jornais, todas as conversas acabam por tocar num assunto - a eleição do líder católico.
Cresci numa família católica, seja por tradição ou praticante, e reconheço a importância que tem a figura do Papa como líder e guia de'a igreja católica.
Sou um membro d'A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias mas, para um mundo que não conhece a igreja restaurada de Jesus Cristo, eu sou um Cristão. A doutrina e ensinamentos do cristianismo assentam sobre as palavras ditas por Paulo ao povo de Coríntio - Fé, Esperança e Amor - sendo o amor o maior dos três.
Nós estamos nesta vida para viver pela Fé, viver confiando em Deus e nos seus ensinamentos e divinos exemplos. Também somos ensinados a viver sempre com esperança no futuro e com a alegria de que um dia estaremos de volta a Ele. Mas estas coisas são em vão se nós não vivermos uma vida de Amor. O Amor é a base para todas as coisas que são boas. Costumo sempre reduzir todo o evangelho de Jesus Cristo, todas as escrituras Sagradas, todos os ensinamentos dos profetas e todas as revelações que aconteceram e que serão reveladas ainda, em apenas uma simples palavra - Amor.

Cada dia que passa o mundo perde mais uma porção de Amor e, consequentemente, as pessoas perdem a esperança, a alegria e a Fé. Apesar de todas as diferenças doutrinárias e colocando autoridade de lado (mas sem retirar a sua importância), o plano de Deus passa pela demonstração de Amor uns pelos outros. No fundo somos todos filhos espirituais d'Ele o que faz de nos irmãos [espirituais].
Um dia escrevi que todos temos potencial divino e, quando digo todos, não é uma selecção especial de eleitos mas sim todos nós. O que nos torna mais divinos, ou menos, é a forma como amámos uns aos outros, como confiamos em Deus, como vivemos ou seja, de que forma nós somos uma Luz para o mundo.

O novo lider d'a igreja católica tomou o nome de Francisco, em memória de Francisco de Assis. Este seguidor de Jesus Cristo uma vez disse que a melhor forma de pregar o Evangelho era através do nosso próprio exemplo, através da nossa própria vida. O evangelho não é para se debater - é para ser ensinado e praticado. A vida de Jesus Cristo não é para ser analisada ao detalhe mas sim para ser tomada como um exemplo Sagrado para aplicar em nossas próprias vidas. a fé não é para ser questionada mas sim para ser edificada sobre uma rocha para que não haja nem ventos nem tempestades que a abalem.
O Pai nada fará por nós que nós não possamos fazer por nós mesmos.. Isto é algo bastante importante pois indica que nós seremos a resposta às orações de outra pessoa. A nossa vontade de servir e amar será a bênção para uma pessoa que ora e precisa de ajuda ou de orientação. O nosso conhecimento do evangelho será a resposta a uma oração de alguém que está com duvidas ou com a Fé abalada.

O Evangelho de Jesus Cristo implica amar ao próximo e o amor ao próximo só é realmente demonstrado quando servimos, quando ajudamos, quando somos caridosos, quando simplesmente esquecemos de nós próprios..

2 comentários:

  1. Gostei João. Boa mensagem para interiorizar e para por em prática. Abraço, Luís

    ResponderEliminar

Os comentários são revistos antes de serem publicados. Desta forma eu posso evitar que o blog seja vitima de SPAM.